Quinta-feira, 10 de Junho de 2010

Função da correia de transmissão

As correias trapezoidais são as correias de transmissão predominantes há muitos anos.

Accionadas pela polia da cambota, as correias trapezoidais accionam os componentes auxiliares do motor, tais como o alternador, a bomba da água e a ventoinha.

Nos últimos anos, os motores têm-se tornado mais complexos, com árvores de cames à cabeça e um maior número de componentes auxiliares, p.ex. direcção assistida e ar condicionado.

As correias de distribuição, conhecidas também por correias estriadas, foram desenvolvidas para corresponder aos mais exigentes requisitos de accionamento dos motores modernos.

Se as correias de transmissão não encaixarem e funcionarem perfeitamente, pode haver graves implicações:

•  Os componentes auxiliares accionados não irão funcionar correctamente.

•  As próprias correias de transmissão irão sofrer um rápido desgaste e rasgões, originando avarias súbitas.

•  Quando estas se rasgam ou saltam de uma polia, podem ser projectadas e provocar graves danos no motor.

 

Critérios de performance:

 

Para cumprirem a sua função, as correias de transmissão necessitam de ter as dimensões exactas (comprimento, largura, espessura, dimensão das estrias) especificadas pelo fabricante do veículo para os veículos a que se destinam.

Caso contrário, irão sofrer um rápido desgaste.

As correias de transmissão rodam a alta velocidade à volta de várias polias, estando naturalmente sujeitas a uma fricção substancial.

A correia tem de ser muito flexível e os materiais utilizados têm de ser capazes de aguentar esta fricção por longos períodos de funcionamento sem desgaste indevido.

O calor concentra-se à volta do motor e não pode ser dissipado rapidamente devido a um compartimento do motor compacto. Além disso, as próprias correias de transmissão geram calor devido à fricção. Como consequência, as correias de transmissão têm de ser capazes de suportar altas temperaturas.

Devido às forças extremas a que as correias de transmissão estão sujeitas, o material das correias necessita de componentes de alta qualidade, que sejam suficientemente estáveis para evitar a perda de pressão da correia. Para evitar uma falha prematura da correia, os materiais utilizados têm de ser completamente resistentes ao óleo e às gorduras.

tags:
publicado por adm às 20:12
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.tags

. abs

. actualidade

. adblue

. admissão

. admissão variável

. air bag

. amortecedor

. ângulo morto

. aquecimento

. ar

. arrefecimento

. árvores de cames

. as cores mais populares do mundo

. automoveis

. binário

. binário do motor

. biodiesel

. bomba direcção

. cabos de bateria

. caixa automatica

. caixa automática

. caixa dsg

. caixa embraaegm dupla

. calços

. câmbios automáticos

. cames

. carros

. carros a diesel

. carros electircos

. catalisadores

. catalizador

. caudalimetro

. circuito refrigeração

. city safety

. combustível

. concelhos

. correia

. curiosidades

. curve control

. da cabeça do motor

. dicas

. dicionário do motor

. diesel

. diferencial

. direcção

. direcção assistida electro-hidráulica

. direitos quando leva o carro à oficina

. discos

. dpf

. egr

. embraagem

. emissões

. esp

. fap

. farois

. filtro ar

. filtro de combustível

. filtro de partículas (fap/ dpf)

. filtro do óleo

. filtros de partículas

. flex

. ford

. formula zero

. gasolina vs diesel

. gestão

. helios concept

. hidrogénio

. ignição

. injecção

. líquido de travões

. lubrificantes

. luz

. maf

. medidor

. mitos

. mola

. mola suspensão

. motor

. motor hcci

. motor híbrido a ar

. motores

. nitrous

. noticias

. novidades

. oleos

. pneus

. portugal

. potencia

. segurança

. sensor

. start/stop

. suspensão

. travões

. turbo

. turbos

. valvula

. valvulas

. velas

. velas de ignição

. vida

. todas as tags

.links

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Outubro 2016

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.subscrever feeds