Sábado, 17 de Abril de 2010

Como funciona o ESP?

A derrapagem é uma das principais causas de acidentes de trânsito. Estudos internacionais mostram que pelo menos 40% de todos os acidentes fatais são provocados por derrapagens. O ESP® pode evitar até 80% de todos os acidentes resultantes de derrapagens. O ESP® detecta a iminência de derrapagem e intervém em uma fração de segundo. O motorista mantém o controle do veículo e o veículo não derrapa, desde que os limites da física não sejam excedidos.

O ESP® fica permanentemente ativo. Um microcomputador faz o monitoramento dos sinais dos sensores do ESP® e verifica 25 vezes por segundo se a trajetória real do veículo corresponde aos movimentos aplicados pelo motorista ao volante. Se o veículo se movimentar em uma direção diferente, o ESP® detecta a situação crítica e reage de imediato – independentemente da ação do motorista. O ESP® utiliza o sistema de frenagem do veículo para "conduzir" o veículo de volta à estrada. Com intervenções seletivas de frenagem em cada roda, o ESP® produz a força contrária necessária para que o veículo reaja de acordo com a vontade do motorista. O ESP® não só inicia a intervenção de frenagem, como pode intervir no motor para acelerar as rodas motrizes. Assim, dentro dos limites da física, o veículo é mantido em segurança na trajetória.

O ESP® reduz substancialmente as dificuldades em controlar o veículo nas situações críticas, auxiliando o motorista. O ABS, o TCS e o ESP® foram introduzidos no mercado pela Bosch.

Fonte:www.bosch-esperience.com.br

tags:
publicado por adm às 23:04
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.tags

. abs

. actualidade

. adblue

. admissão

. admissão variável

. air bag

. amortecedor

. ângulo morto

. aquecimento

. ar

. arrefecimento

. árvores de cames

. as cores mais populares do mundo

. automoveis

. binário

. binário do motor

. biodiesel

. bomba direcção

. caixa automatica

. caixa automática

. caixa dsg

. caixa embraaegm dupla

. calços

. câmbios automáticos

. cames

. carros

. carros a diesel

. carros electircos

. catalisadores

. catalizador

. caudalimetro

. circuito refrigeração

. city safety

. combustível

. concelhos

. correia

. curiosidades

. curve control

. da cabeça do motor

. dicas

. dicionário do motor

. diesel

. diferencial

. direcção

. direcção assistida electro-hidráulica

. direitos quando leva o carro à oficina

. discos

. dpf

. egr

. embraagem

. emissões

. esp

. fap

. farois

. filtro ar

. filtro de combustível

. filtro de partículas (fap/ dpf)

. filtro do óleo

. filtros de partículas

. flex

. ford

. formula zero

. gasolina vs diesel

. gestão

. helios concept

. ignição

. injecção

. líquido de travões

. lubrificantes

. luz

. maf

. medidor

. mitos

. mola

. mola suspensão

. motor

. motor hcci

. motor híbrido a ar

. motores

. nitrous

. nos

. noticias

. novidades

. oficina

. óleo de travões

. oleos

. pneus

. portugal

. potencia

. segurança

. sensor

. suspensão

. travões

. turbo

. turbos

. valvula

. valvulas

. velas

. velas de ignição

. vida

. todas as tags

.links

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Outubro 2016

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.subscrever feeds